Pirarucu de Casaca

O pirarucu pode ser consumido fresco ou salgado. É conhecido como o bacalhau do Amazonas.

  • 500g de pirarucu seco
  • 200g de farinha de farinha de mandioca amarela  (uareni)
  • 500ml de leite de coco
  • Castanhas do Brasil
  • 3 colheres (sopa) de azeite  
  • 3 bananas pacova ( ou da terra)
  • 3 cebolas – 1 dente de alho
  • 3 tomates
  • 3 pimentas murici– 1 pimenta de cheiro
  • 1 xícara de coentro

Deixar o pirarucu de molho na água, de um dia para o outro como se faz com o bacalhau seco. Na hora de preparar, aferventar o peixe e levar para assar com azeite de oliva. Depois de assado, desfiar em lascas e reservar.

À parte, fazer um caldo com pedaços do peixe, ou da pele, alho, coentro ou cheiro-verde, deixar apurar e peneirar.  Ao caldo já apurado, acrescentar o leite de coco e com a farinha de mandioca fazer uma farofa úmida. Reservar.

Numa frigideira, refogar levemente, a cebola, as pimentas e acrescentar por último, o coentro (ou cheiro-verde picado). Reservar. Fritar as bananas em fatias.

Numa travessa refratária colocar um pouco da farofa, alternando com as bananas, o peixe em lascas e o refogado por cima. Por ultimo, o restante da farofa. Regar com azeite e levar ao forno por 10 minutos.  Decorar com as castanhas do Pará trituradas e levar à mesa bem quente, acompanhado com arroz.

abril 3rd, 2017