Baião de Dois

Receita original do sertão

Com Carne de sol, Paçoca, Rapadura, Manteiga da terra e Queijo de coalho

 

  • 1 quilo de feijão de corda branco.
  • 500 g de carne seca
  • 1 quilo de arroz (não parboilizado)
  • Nata de manteiga
  • 500 g de queijo coalho
  • Manteiga da terra
  • Coentro e cebolinha
  • Cebola roxa  

 

Deixar a carne seca de molho, de um dia para o outro, trocando a água varias vezes. Cozinhar o feijão com a carne seca. Antes de ficar cozido, tirar a carne seca da panela, desfiar e reservar.

Fazer um refogado leve com a manteiga, o alho, a cebola e acrescentar a carne seca desfiada. Levar este tempero à panela do feijão, acrescentar o arroz e deixar cozinhar junto. Quando estiver quase seco, acrescentar o queijo de coalho, em pedaços pequenos e o coentro picado. Deixar em fogo baixo, por mais 2 minutos e servir.

Distribuir em um aro ou panelinhas individuais e colocar a nata por cima para gratinar. Salpicar a cebolinha picada e servir acompanhado de paçoca e rapadura.

 

CARNE DE SOL

A carne de boi é salgada e deixada ao sol até atingir o ponto ideal. Na hora do preparo, é necessário deixá-la de molho em água para dessalgar e depois mergulhar no leite por algumas horas para que amacie bem e não endureça.

 

PACOCA c/ carne de sol ou de charque   

1 Kg de carne de sol magra
1 cebola roxa/branca picada
1 xícara de farinha de mandioca
1/2 xícara de manteiga de garrafa
Óleo para fritar a carne
Coentro e cebolinha para servir

 

Colocar a carne de sol, de molho na água, trocando-a de vez em quando para tirar o sal. Assar na brasa ou fritar no óleo. Deixar a carne esfriar e colocar, em pequenas porções, no processador junto com a farinha de mandioca. Levar ao fogo novamente com cebola e manteiga. Na hora de servir, misturar a cebolinha e o coentro.

 

PREPARO DA MANTEIGA DA TERRA (DE GARRAFA)

5 litros (ou mais) de leite natural

 

Deixar o leite, em uma vasilha de um dia para o outro. No outro dia retirar a nata que foi formada. (Também pode ser aproveitada a nata que se forma no leite, diariamente, e guardada na geladeira, até completar a quantidade desejada.)

Despejar toda a nata em uma vasilha grande e bater, com uma colher, ou batedeira, até formar um creme e começar a soltar o soro. Retirar todo o soro. Para facilitar, adicionar um pouco de água e quando a água começar a sair limpa é porque não há mais soro no creme. Quando não tiver mais soro, levar o creme ao fogo para cozinhar até derreter e se tornar um líquido amarelo e transparente.

Coar e colocar em uma garrafa de vidro limpa e fervida.

 

PREPARO DO QUEIJO DE COALHO

10 litros de leite de gado

1 colher de sopa de coalho liquido (pode ser encontrado em lojas de produtos da agropecuária),

100 g de sal

 

Ferver o leite. Deixar esfriar até alcançar a temperatura ambiente, e em seguida acrescentar o coalho e mexer bastante.

Após uma hora e meia, o leite fica coalhado.

Coar, num coador de pano grande, para separar o leite coalhado do soro, até ficar bem seco. (pode-se aproveitar este soro, para fazer o requeijão)

Colocar o queijo nas formas. Pressionar a massa, à medida que for colocando nas formas. O queijo deve ficar na prensa ou forma durante 24 horas, antes de desenformar.

abril 3rd, 2017